É possível fazer do fim do ano uma época de consumo mais sustentável?

É possível fazer do fim do ano uma época de consumo mais sustentável?

Com mais um ano chegando ao fim, chegamos também a uma das épocas mais consumistas do ano: O Natal. E com isso, a pergunta: como desenvolver um consumo mais consciente?

No Natal, é comum celebrações em família e trocas de presentes. Mas, você já pensou no consumo gerado por esse costume? E sobre maneiras de incentivar o comércio local e somar com corre das pessoas próximas?

Se a resposta foi não para as duas perguntas, vem velejar com a gente!

Neste post do blog,  vamos refletir sobre consumo sustentável, incentivo ao comércio local e sobre como o consumo pode ser usado para fortalecer as minorias sociais como as mulheres, LGBTQI+, negros e o empreendedorismo periférico.

O natal, em consumo, só perde para o dia das Mães. Para o comércio,  nessa época, a divulgação dos produtos e das ofertas são estratégias para atrair consumidores. O ato de consumir produtos levando em consideração só o preço e satisfação foi considerado normal por muito tempo. Hoje, o processo de compra se une a muito mais, pois, somos chamados a considerar os impactos econômicos, ambientais e sociais.

O conceito de consumo consciente nos orienta e nos faz refletir as relações de consumo para questioná-las.

O acúmulo de lixo e a circulação do dinheiro somente na mão dos grandes comércios são vistos como aspectos negativos. Pensando nisso, é possível consumir de uma forma melhor?

É preciso ter em mente que o ato de consumir favorece o desenvolvimento econômico, aumenta as oportunidades de emprego, desenvolve a consciência social e econômica. Consumo consciente está relacionado com o ato de adquirir e usar bens de consumo, alimentos e recursos naturais de acordo com a necessidade, ou seja, reduzindo os excessos e desperdícios. 

Outro aspecto a ser levado em consideração são os princípios (missão e visão) da empresa. Busque as que tenham políticas sustentáveis, preocupação com a diversidade e inclusão social. 

Você também pode (e deve) priorizar o comércio local. Quando se faz esse raciocínio, promovemos a economia local, fazendo o dinheiro circular na  mão de pessoas que estão no corre e perto de você.

O FA.VELA acredita no empreendedorismo de impacto social, sustentável e inovador e são os vários projetos que passaram por aqui e são comércio periféricos. Se você está perdido com tantas opções de presentes, embarque nesse barco e descobra empreendedores que estão fazendo a diferença nos seus territórios:

Na categoria presente artesanal, temos @michelly3d e @semHbrincos, que são marcas voltadas para acessórios e bijuterias artesanais. As peças como brincos, colares, pulseiras, entre outros acessórios têm estilo e personalidade.

Michelly 3D/instagram

Geny Dias e sua irmã, Cida, são exemplo de comerciantes que se preocupam com a sustentabilidade e conservação do meio ambiente. As irmãs produzem alimentos veganos como: salgados, tropeiros, pizzas, bolos, doces e entre outros pratos. Vale a pena conhecer a @salgadosveganos.bh. Fica a dia: faça encomendas para ceia de natal e para todo tipo de festa.

Empreendimento da Geny e da Cida, Salgados Veganos BH

Quando o assunto é decoração, dois projetos que amamos utilizam materiais que seriam descartados no lixo para criar produtos úteis e criativos. O projeto @sr.terrario tem plantas unidas a materiais reaproveitados, como madeiras de demolição, para criar peças ornamentais como quadros vivos e jardins de mesa que além de sustentáveis. Já o @tubbie.mobile, empreendimento voltado à  sustentabilidade, com produção de móveis é feita com tubos de papelão.

Kleber é quem produz os terrários e quadros de suculentas, Sr. Terrário

No setor de cosméticos, o empreendimento A Horta traz o conceito vegano e sustentável no cuidado com o corpo, pele e cabelos com  sabonetes, tônicos capilares e cremes corporais. 


Já em moda, roupa é um presente muito comum nessa época. Pensando nisso, a nossa última dica é a marca @um2dois_wear que oferece roupas, bolsas e bonés para quem está procurando um presente cheio de estilo e personalidade.

Os empreendimentos que apresentamos são alguns dos que passaram pelo Favela Resiliente e Corre Criativo.

A equipe do fa.vela deseja a todos um Natal e um Ano Novo mais sustentável e feliz. Boas festas!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Open chat